News Update :
Home » » FALANDO EMPOLADO

FALANDO EMPOLADO

Escreve Braz Juliano

1968. A revista NEWSWEEK publicou, em 6 de maio de 1968 , uma nota interessante : um funcionário americano, Philip Broughton, observou, durante anos seguidos, que só fazia carreira em Washington quem falasse empolado. O funcionário, de qualquer categoria, que optasse pela simplicidade, era - e é, segundo a revista, sumariamente  relegado a posição inferior.  Não merece consideração. Daí teve a ideia de criar uma chave para uso de palavras-chave  em conversação, de maneira a converter frustrados em indivíduos vitoriosos. São 30 palavras-chave, agrupadas em 3 colunas, com a numeração de 0 a 9 :
COLUNA 1                         COLUNA 2� �
                              COLUNA 3
0. Programação                  0. Funcional                             0. Sistemática
1. Estrátegia                      1. Operacional                          1. Integrada
2. Mobilidade                     2. Dimesional                           2. Equilibrada
3. Planificação                    3. Transicional                         3. Totalizada
4. Dinâmica                       4. Estrutural                             4. Resumida
5. Flexibilidade                   5. Global                                 5. Balanceada
6. Implementação               6. Direcional                             6. Coordenada
7. Instrumentação               7. Opcional                              7. Combinada
8. Retroação                       8. Central                                8. Estabilizada
9. Projeção                         9. Logística                              9. Paralela
            O método de emprego dessas palavras-chave é o seguinte: escolhe-se, ao acaso, um número qualquer de três algarismos e busca-se a palavra correspondente a cada algarismo  em cada uma das 3 colunas. Por exemplo, o número 316 produz " Planificação Operacional Coordenada "; o número 139 produz " Estratégia Transicional Paralela " e o número 007 produz " Programação Funcional Combinada ". Qualquer delas pode ser inserida em convers as, ressoando com indiscutível autoridade ! Segundo o humorado inventor dessa fórmula, ninguém terá a mais remota ideia do que foi dito, mas não o reconhecerá e, o que é mais importante, as frases soam " maravilhosamente " bem !!!
Braz Juliano ( 87 anos !)
Engenheiro Civil, Poli, 1948, 64 anos.

NOTA: Salve os economistas, que usam esse linguajar confuso !!! Morram os engenheiros, como eu ( 87 anos !) , que usam a ciência exata chamada " MATEMÁTICA  " !!!! 

Share this article :
 
Design Template by panjz-online | Support by creating website | Powered by Blogger